Sexta-feira, 18 de Março de 2011

A poesia

imagem tirada da net

 

 

A poesia

 

A poesia, passeia pela rua vestida de pensamento

Desbrava a intimidade do ser

e pousa conscientemente nos caminhos da solidão

 

Canta e ri das tropelias da vida

mostra-se em cada gesto,

em cada jeito

e sobrevive em cada virar de esquina

 

Chega no sopro do vento

reflecte-se no muro alto e cego

edificado nas razões agrestes

 

É um gerador de vontades e compromissos

residente em todos

e em tudo o que nos rodeia

 

Dependente apenas

do olhar que nasce

na alma do poeta

 

12/08/09

Mavilde Lobo Costa

 

tags:
publicado por carmemzita às 19:36

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.Quem vem lá????

online

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Relógio

0000rawp
   

.links

.A minha musica

.posts recentes

. A poesia

.Nomeação da Amiga Vivências

.tags

. todas as tags

.As Minhas Visitas

Circuit City Coupons
Circuit City Coupons

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2012

. Agosto 2012

. Janeiro 2012

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.pesquisar

 

.Eu apoio a Raríssimas

.subscrever feeds