Segunda-feira, 30 de Junho de 2008

A casa do lago

 
 
 
imagem tirada da net
 
A casa do lago
 
A casa do lago, não licenciada,
Foi sonho acabado numa derrocada.
 
Varandas de ria, viradas ao mar,
Valadas em via de ponte a tombar
 
Tão vandalizada, em ninhos de amor,
Jaz inacabada em licenças de dor
 
É ponto de encontro de amores clandestinos,
Degradado conto de orgasmos divinos
 
Água estagnada, sonho do esteiro,
Ficou assombrada, vão de feiticeiro!
 
Como faz sorrir, a casa do lago,
É ponto a ruir em sorriso amargo
 
Conspurcado sítio, de amores levianos,
Onde o livre arbítrio, faz homens ciganos
 
Tem barcos e ondas, marés descabidas,
Põe lama nos pés e barcos salva-vidas
 
E nesses vazantes que o rio efectua
Tágides de amantes, são mulheres de rua
 
Tem olhar de brisa e ferido animal,
Sonhos de poetisa e pés no lodaçal
 
31/05/08 Alcochete
M.L.C.
CarmenZita
(In Do real à magia)
 
 
 

sinto-me: soturna
música: O lago dos cisnes
tags: ,
publicado por carmemzita às 11:12

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 22 de Junho de 2008

Jacarandás

imagem tirada da net

Jacarandás

 

Vejo-me inserida nos jardins do Éden
Crescem trepadeiras na minha raiz
Abarcam-me sonhos, de anjos que pedem
Abraços de vida de rosa matiz

 

Aromas de flores nos ares sucedem
A marcar de êxtase sua cicatriz
Tons misteriosos de roxo concedem
Estrelas nos pés de maga matriz

 

Hipnose sentida em aureolas de cor
Divino mistério desse céu lilás
Que lança no mundo novo esplendor

 

Adivinho novos sabores de licor
Vertidos das ondas dos jacarandás
Que espalham futuro em rendas de amor

 

05/06/08
M.L.C.

Carmenzita
(In Do real à magia)

 


sinto-me: misteriosa
música: I was a dream...
publicado por carmemzita às 15:38

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Junho de 2008

ADN

 

 imagem tirada da net

 

 

ADN

 

E veio desinquietar
o meu sossego
com lendas violetas
de alecrim…

 

 

…nervosos dissabores
de aquém enlevo,
na portela de um reduto
de marfim

 

E voltou do avesso
toda a calma
que já entardecia
do festim
 
Brotou fulgorosa
a minha pena
em torrentes perfumadas
de açucena…

 

…e suor e sangue
grávidos
de mim
 

09/05/08
M.L.C.

CarmenZita

(In Do real à magia)

 

 

sinto-me: inspirada
música: when I whose born
tags:
publicado por carmemzita às 11:47

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Junho de 2008

Abraço de olhares

imagem tirada da net
 
Abraço de olhares

Um olhar de soslaio
deu-me gozo
vi nele atrevimento
reticente

Marchante num medir
habilidoso
sorriso   pé-atrás
mas insistente

Conversa do olhar
dava matizes:
"Avancemos na marcha
de Benfica"!

Em papel colorido
por actrizes
ilusão que um palco
dignifica

Vêm arcos, balões
e manjericos
perfumar com verdura
o espaço

Esconde na canção
toda a amargura
Benfica incendeia
num abraço!

22/05/08
M.L.C.
CarmenZita
(In Do real à magia)

 
sinto-me: a marchar
música: marcha de Benfica
tags:
publicado por carmemzita às 10:13

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Junho de 2008

Marchas populares

imagem tirada da net

 

Marchas

Um bando de rufias lisboetas,
Se juntou, pra marchar em desfilada.
Em sede vermelha e risca preta,
Cantaram Benfica em desgarrada.

Acertaram passo, além das vozes;
Baixaram a crista ao mandador.
Com afã e bairrismo quebra-nozes
Ensaiaram na marcha com rigor

E vem-lhes a doçura ao de cima;
Qual água misturada com azeite.
Aqueles rufiões, sem ter estima,
Afinal; Almas brancas como leite!

É povo, na essência do seu ser,
Na luta e dura sobrevivência.
Primário, sem enfeites de saber
Educado pla vida na carência.

O sonho de marchar na Avenida!
Onde Liberdade enfuna o peito.
Vai-lhes marcando passo toda a vida,
Transformando em Homens desse jeito.

Em apoteose, no Pavilhão,
Ao Atlântico homenageado .
Marchantes de alma e coração
Serão o baluarte deste fado !

M.L.C.

CarmenZita
15/04/08
In Ad eternum)

 

sinto-me: marchante
música: Olha a marcha de Benfica...
publicado por carmemzita às 10:06

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 1 de Junho de 2008

Roda da Alegria

 

imagem tirada da net
 
Roda da alegria
 
 Queria que tu fosses uma dança
 m’envolvesses na tua melodia
 
Queria nos teus braços ter a esp’rança
d’alcançar  paradigmas  de utopia
 
Arrancar  arco-íris de aliança,
 penetrar a dimensão fantasia…
 
…que faz todo o Homem ser criança
na  roda  do espírito alegria
 
20/05/08
M.L.C.
CarmenZita
(In do real à magia)
 
sinto-me: criança
música: canções de roda
publicado por carmemzita às 23:52

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.Quem vem lá????

online

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Relógio

0000rawp
   

.links

.A minha musica

.posts recentes

. Sou mulher, e fiz-me ao...

. Contigo

. Ode ao rio Douro

. Que vício!

. Foz do Lisandro

. A Promessa

. Gaivotas do meu País

. A poesia

. Cheires

. Que saudades

.Nomeação da Amiga Vivências

.tags

. todas as tags

.As Minhas Visitas

Circuit City Coupons
Circuit City Coupons

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2012

. Agosto 2012

. Janeiro 2012

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.pesquisar

 

.Eu apoio a Raríssimas

.subscrever feeds