Segunda-feira, 17 de Setembro de 2007

Feiticeira

 
 
 
Feiticeira
 
Tenho um feitiço que faço
Cada vez que dou um passo
Nas noites de Lua-Cheia…
 
Lanço feitiços no ar
Molho-os nas ondas do mar,
Enrolo em crepes de areia.
 
Alimento a nostalgia
Na mítica maresia
E na raiz do meu chão.
 
Sai-me perfume do colo,
Exibo sinais no solo
Das flores, da minha mão.
 
Agarro um fio de Lua
Teço pra minha alma nua,
Uma mantilha de espanto
 
Danço descalça na eira
E em sinistra clareira
Liberto todo o meu pranto…

07/09/07
 CarmenZita
(In Para sempre)
 
sinto-me: isso mesmo...
música: Feiticeira...Luis Represas
publicado por carmemzita às 01:17

link do post | comentar | favorito
|
13 comentários:
De Augusto P.Gil a 17 de Setembro de 2007 às 10:02
Grande Feiticeira.
Amiga, é lindo o teu poema.acho que com este poema conseguiste enfeitiçar-nos a todos. Bonito mesmo. Grande regresso.
Um Bj
Gil
De carmemzita a 17 de Setembro de 2007 às 21:47
Obrigado amigo por deixares aqui a tua opinião.
É evidente que é isso que eu mais desejo...Enfeitiçar.
A magia de tudo...é o que mais busco. Às vezes encontro-a...
Um Bj
CarmenZita
De Visitante a 17 de Setembro de 2007 às 11:10
Palavras de Jorge Fernando:

Lua
Feiticeira Nua
A vida é toda tua
Lua

(in "Lua Feiticeira Nua")


Beijinho
Visitante
De carmemzita a 17 de Setembro de 2007 às 21:53
Obrigado querido amigo, pela tua presença constante
que muito me incentiva.
Vou continuar a tentar enfeitiçar-te, com alguns poemas. rsrs
Um beijinho artista que me faz dançar.
CarmenZita
De Visitante a 17 de Setembro de 2007 às 22:23

Olha lá os feitiços, menina.!!!!!

Ainda tenho presente uma boa amiga nossa que passava o tempo a querer transformar-me em batráquio...

(Eu cá para mim acho que ela queria arranjar uma desculpa para beijar um príncipe encantado hehehehe)

Beijinho
Visitante
De carmemzita a 18 de Setembro de 2007 às 00:58
Ora , ora amigo Sapo!
Qual era o problema?
Já viste os anúncios que fazias, só pra vender "bandas Largas?E as miúdas todas devolta de ti, e das tuas ligações à Net? rsrs
Vá, agora vou transformar-te em Príncipe! Plim!
Um beijinho[(K)
De Visitante a 18 de Setembro de 2007 às 11:51
croac croaaaaac



Croac...ante


De MT-Teresa a 17 de Setembro de 2007 às 19:50
Linda Feiticeira, que maravilhoso poema.

Estou de regresso e com marés novas...rsss

(tenho saudades tuas)

Beijinho grande
De carmemzita a 17 de Setembro de 2007 às 22:06
Finalmente amiga!
Se não aparecesses agora, ia marcar-te uma consulta!
Lançar-te os búzios, as cartas...rsrs ia lançar-te tudo,
para tratar esse mal...de águas paradas...
Voltaste de maré viva, espero!
Por aqui nos encontraremos...isto já estava a ficar mórbido!
Tudo a ir-se. Vem-te mulher! Vem-te! rsrs
Já estava a ficar desesperada. Tive que recorrer ao feitiço...e traz os teus amigos também para animar
estes espaços.
Eu tb já tinha saudades tuas.
Um xi-
CarmenZita
De LP a 19 de Setembro de 2007 às 22:29

que LINDO poema !

fiquei enfeitiçada, mesmo! não podes perder a oportunidade deste teu DOM, tão especial, que por vezes nos faz sentir nas nuvens e imagino que a ti tb! ?
obg por este momento.
um beijo enorme............................



De carmemzita a 19 de Setembro de 2007 às 22:51
Obrigada amiga.
É o feitiço da amizade, que ajuda a gostar do que escrevo. E claro! Conheces-me.
De mariola a 22 de Setembro de 2007 às 10:15

Excelente poema!

Parabéns.
"Sai-me perfume do colo
exibo sinais no solo
das flores, da minha mão"

Gostei muito da construção e da ideia. Bravo.



Vasconcelos
De carmemzita a 23 de Setembro de 2007 às 21:40
Obrigado pela visita amigo.
No caso de querer poderei ler a sina e ver as flores da sua mão.
Talvez nessas flores encontre o perfume do seu amor??Essa quimera tão procurada por todos, Sempretão perto e tão longe...
Um abraço e volte sempre.
CarmenZita

Comentar post

.mais sobre mim

.Quem vem lá????

online

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Relógio

0000rawp
   

.links

.A minha musica

.posts recentes

. Sou mulher, e fiz-me ao...

. Contigo

. Ode ao rio Douro

. Que vício!

. Foz do Lisandro

. A Promessa

. Gaivotas do meu País

. A poesia

. Cheires

. Que saudades

.Nomeação da Amiga Vivências

.tags

. todas as tags

.As Minhas Visitas

Circuit City Coupons
Circuit City Coupons

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2012

. Agosto 2012

. Janeiro 2012

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.pesquisar

 

.Eu apoio a Raríssimas

.subscrever feeds